Comunicação empresarial: 5 dicas úteis e práticas

Comunicação empresarial

Você, empreendedor, muitas vezes se pergunta como aprimorar a comunicação empresarial para ter resultados com os clientes. Certo?! Então, se sim, leia essas 5 dicas práticas para aperfeiçoar as habilidades comunicativas!

1 – Diagnosticar o problema na comunicação empresarial

De fato, é preciso descobrir onde está a falha na comunicação empresarial. É na captação de novos clientes? No atendimento durante uma possível venda? Ou na fidelização? Em quais plataformas você está falhando?

Suas redes sociais estão lindas como vitrine, mas a conversa direta pelo WhatsApp está problemático? Pense sobre isso. É preciso encontrar o problema exato para poder solucioná-lo. Sem dúvida, eu sei que é difícil “medir”, “mensurar” os resultados da comunicação… Mas uma coisa eu te digo: você vai saber quando a comunicação estiver funcionando bem, porque tudo flui com mais naturalidade, porque os clientes te dão esse feedback. Nesse sentido, fique preocupado se você estiver estagnado, sem receber indicações, sem ter movimento na sua empresa… Porque com certeza uma parte da falha estará na comunicação.

2 – Padronizar a comunicação empresarial verbal assim como faz com a visual

Se a identidade visual é importante, a identidade verbal é tanto quanto. As palavras são, certamente, as melhores ferramentas para atrair, conquistar, cativar e fidelizar as pessoas. Desse modo, a linguagem da empresa deve seguir sempre uma mesma linha. Quem a sua empresa representa? Qual é o estilo de fala dessa empresa?

Mas padronizar não é engessar: você manter uma mesma linguagem não representa fazer ‘mais do mesmo’. Você pode e DEVE ser criativo, usar as palavras a seu favor, usar estratégias linguísticas para cativar o seu público-alvo.

3 – Comunique apenas aquilo que você realmente faz

Comunicação deve ser transparência, já que saímos da era da propaganda enganosa faz tempo. Se você quer que seu cliente se sinta acolhido pela sua empresa, seja sincero com ele. De nada adianta usar palavras lindas, transmitir um discurso de eficiência e autopromoção quando, na verdade, seu serviço não oferece tudo aquilo.

Da mesma forma, não deixe que a sua comunicação subestime seu trabalho. Quem deve avaliar seu serviço e seus produtos são os clientes, quem consome de você. Faça o que melhor que puder e encontre o equilíbrio ideal na comunicação.

4 – Se colocar no lugar do cliente: o que ele sente quando interage com você e com a sua equipe?

A comunicação deve ser empática, paciente, deve solucionar problemas. Se o cliente te pergunta se você oferece determinado serviço, em vez de responder “não”, diga que especificamente esse serviço não, mas você conhece outro profissional que oferece e que pode AJUDAR quem está procurando.

5 – A comunicação diz respeito mais ao seu cliente do que a você

Como assim? É ele quem tem uma “dor” que precisa de solução. Então, se você usar as palavras certas, você soluciona essa dor mesmo que não diretamente. Se você usar as palavras erradas, você causa MAIS UMA dor.

E com toda a certeza um ponto muito importante: indicação ainda é o melhor marketing. Quanto mais você for atencioso, prestativo e útil para seu cliente, mais novos clientes ele pode ‘enviar’ pra você. É uma espécie de gratidão pelo serviço prestado, mesmo que ele tenha contratado esse serviço. É imensurável, intangível, sabe?

Essas são cinco das dicas que tenho pra você. Mas se quiser saber ainda mais sobre comunicação empresarial, é só acompanhar meu perfil nas redes sociais e ler este meu e-book gratuito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *