Que língua sua marca fala? 5 passos para padronizar o tom de voz

Tom de voz da marca

Eu sempre digo: primeiro, padronize; depois, otimize! Da mesma forma, funciona com o tom de voz da sua marca. Antes de aperfeiçoar os detalhes, técnicas de escrita e afins, sem dúvida, é preciso padronizar a linguagem. Para isso, vamos falar um pouquinho sobre o manual de tom de voz!

 

O que é tom de voz da marca?

 

Pense comigo: se uma pessoa te envia mensagem com frequência, você já reconhece o perfil de escrita dela. Então, se, em algum dia, ela falar “de um jeito diferente”, você vai estranhar. Isso porque você reconhece o tom de voz dela, apesar de não ser, necessariamente, a voz mesmo, em áudio. A forma como escrevemos, falamos, as palavras que usamos, as gírias, os emojis e afins representam nosso tom de voz.

Nesse sentido, por que nossa marca não teria um tom de voz? Precisamos manter esse padrão para criar conexão e identificação com nosso público! São nossas palavras e nosso jeito único de falar que permite criar pontes com as pessoas. Assim, elas nos reconhecem, se reconhecem em nós e temos uma identidade verbal marcada.

Nossos valores, missão, causas defendidas, perfil de cliente que queremos atingir, nossas características… Tudo isso é dito pelo nosso tom de voz. Não é exatamente uma escolha: é uma descoberta! Quando já temos nossos valores e conhecemos a fundo nossa marca, é automático ter um tom de voz, já que ele transmite quem somos, quem nossa marca é. Então, vamos descobrir seu tom de voz?

 

Tom de voz de marca pessoal ou profissional

 

Não importa se sua marca é seu nome ou se você tem uma equipe: toda marca fala, toda marca precisa ter seu tom único e particular. Antes de tudo, quero dizer que comunicação não deve ser um sofrimento. Deve ser uma aliada, uma ferramenta, uma base sólida em que nossa marca se apoia. Vamos aos passos?

 

1 Analise seu conteúdo e se faça perguntas para contextualizar

 

Com quem você está conversando? Liste o perfil geral dos seus clientes.

O que as pessoas devem sentir ao se relacionarem com a marca/contigo? 

O que devem pensar sobre a marca? É tímida ou extrovertida? Animada ou séria?

Como descrevê-la? Apresente ao menos quatro características.

Quais outras marcas são inspiração para a sua? 

De quais marcas você NÃO quer se aproximar?

 

2 Trabalhe o tom de voz com palavras, expressões, emojis e afins

 

Quais palavras usar? 

Expressões, nomes e termos técnicos: 

Palavras para usar 

Palavras para não usar

Emojis para padronizar 

Tom formal ou informal? Usa memes e humor?

Como dá ‘oi’? Como se despede? 

Fala no plural, usando ‘nós’, ou no singular, usando ‘eu’?

 

Leia mais: Como fazer textos criativos sem perder a padronização

 

3 Dê orientações para quem for ler o material

 

Não escrever palavras inteiras com letras maiúsculas 

Prestar atenção na pontuação e priorizar frases curtas, assim como prezar pela gentileza 

Ser objetivo, falando mais com menos palavras 

Sem dúvida, usar a criatividade

Por fim, sempre revisar o texto.

 

4 Faça testes

 

Reescreva conteúdos (posts, mensagens, e-mails, textos…) adaptando a linguagem de acordo com tudo o que você listou;

Corte palavras, mude termos, faça frases mais curtas ou mais longas, brinque com jogos de palavras até ter textos que sejam exemplos do seu tom de voz;

Mostre para pessoas que conhecem bem a marca para que ajudem no acabamento e na identidade final do tom de voz de forma assertiva. Assim, o sucesso é garantido!

 

5 Monte o manual do tom de voz da marca

A organização desse conteúdo é essencial. Aliás, de qualquer conteúdo! Então, escolha a melhor plataforma e organize um conteúdo em tópicos, como este post. Pode ser um arquivo do word, com certeza, assim como no drive, num e-mail, em notas, como ficar mais viável e prático. Pra começar, pode ser no papel: ainda melhor e pra criatividade fluir!

Revise, por fim, e coloque exemplos e frequentemente confira esse manual. Dessa forma, ele estará sempre atualizado para ser colocado em prática.

Envie para todas as pessoas que falam em nome da marca para criar padronização e evitar confusões!

 

Missão cumprida!

 

Se você quiser ler este post e ver uma análise do manual de voz da marca do Mercado Livre, clique aqui e visualize no Instagram! E se precisar de ajuda para desenvolver um manual oficial, entre em contato comigo e contrate este serviço!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *