LAUDA: O QUE É? SAIBA A DIFERENÇA ENTRE LAUDA E PÁGINA

Lauda: o que é afinal?

Você solicitou um orçamento para um revisor e recebeu uma resposta em “laudas”. Inicialmente, pensou que fosse sinônimo de páginas. Mas será que é isso mesmo? Hmmm… Não. Uma lauda não representa, necessariamente, uma página. Quer saber o que é, então, uma lauda? Continue lendo este post!

LAUDA VERSUS PÁGINA

Já sabemos que lauda e página não são exatamente a mesma coisa. Mas, na prática, qual é a diferença entre elas? Essa é de fato uma das grandes dúvidas de quem busca revisão de texto. Se meu arquivo está com 100 páginas, como vou descobrir o valor do serviço uma vez que devo calculá-lo por laudas? Bom, parece uma resposta complicada, mas não é.

Pense assim: em um arquivo do word, há vários elementos de formatação (fonte, margens, espaçamento…), além de imagens, anexos e afins. Cada arquivo é formatado de um jeito, mesmo que todos sigam as mesmas normas, como as da ABNT, o que interfere no número de páginas de um arquivo. Por isso, considerar o valor por páginas é injusto, já que em uma página podemos ter um parágrafo de texto ou cinco parágrafos, por exemplo.

A revisão textual considera exclusivamente os caracteres com espaços, isto é, apenas as palavras digitadas, incluindo sinais de pontuação. Por isso, lauda é um padrão de quantidade de texto. Talvez em alguns dicionários você encontre significados distintos do que o apresentado aqui, mas, em uma visão comercial, especialmente na área editorial, este é o sentido comumente adotado.

Ah, a lauda com que a Eu Reviso trabalha é de 1400 caracteres com espaços. Assim, a cada 1400 caracteres com espaços temos uma lauda. Para saber mais detalhes sobre o assunto ou solicitar seu orçamento com a nossa equipe, clique aqui!

O PADRÃO DE LAUDA É O MESMO PARA TODO MUNDO?

Esta é outra pergunta importante. Não, o padrão de lauda não é mesmo para todos os revisores ou todas as editoras. Cada empresa ou freelancer adota um padrão. Os mais conhecidos e utilizados no mercado, hoje, são 1250, 1400, 1800 e 2100 caracteres com espaços.

Alguns sindicatos, como o Sintra, que é o Sindicato Nacional dos Tradutores, indicam a lauda de 1250 caracteres com espaços. Já a lauda de 2100 caracteres com espaços é utilizada normalmente por editoras, sendo conhecida como a “lauda literária”. Enfim, podemos perceber que há bastante variação, e cada profissional acaba adotando aquela que mais lhe agrada por N motivos. O importante é observar se o profissional está mantendo esse padrão no momento de enviar um orçamento.

Uma coisa é certa: no fim das contas, o valor do serviço vai ser proporcional, independentemente do tamanho da lauda. Por isso, fique de olho: o que realmente importa é seguir um padrão, para que o valor seja justo tanto para contratante quanto para contratado.

Leia também: 7 motivos para contratar um revisor de texto

COMO EU DESCUBRO O NÚMERO DE LAUDAS DO MEU ARQUIVO?

Provavelmente, o profissional vai detalhar no orçamento qual é o número de laudas do seu documento. Mas, caso você queira verificar, é muito fácil! Basta abrir o arquivo no Word e seguir o que é feito no gif!

Saiba como descobrir o número de laudas do seu arquivo

Viu só?! É só clicar no cantinho inferior esquerdo, onde diz o número de palavras do arquivo. A caixa de diálogo aberta, como no gif, vai indicar também o número total de caracteres com espaços do documento. Aí é só dividir esse número pelo número de caracteres da lauda em questão. No caso da Eu Reviso, 1400. Assim, você terá o número de laudas do seu arquivo 😉

Se você ainda tiver alguma dúvida sobre laudas, entre em contato com a gente por aqui ou pelas nossas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *